O milagre da gota depois de 63 dias sem chuva em Sampa!

Choveu. Foram 63 dias sem uma gota d’água em São Paulo, a última caiu dia 18 de Julho. Dois meses sem água é muita coisa e a gente ressecou.

Eu me lembro de um dos últimos dias de chuva antes dessa estiagem, foi aquela chuva que lava a alma, sabe? Era 12 de Julho. A sensação era tão boa que eu estava torcendo pra chover mesmo, e um querido escritor conseguiu descrever bem esse sentimento: Que chova!

“O dia amanheceu chuvoso, nublado como quem forçosamente procura esconder um sorriso com as mãos. Na verdade exulta de alegria, mas prefere guardar para si as delícias de nascer todos os dias.

Teme pelo bem dos homens, que jamais suportariam o calor pulsante de um peito ainda descompassado, tamanha a perfeição que encontrou na dança perpétua entre os corpos celestes sob o véu que a noite lançou, horas atrás, sobre os olhares curiosos dos caçadores de estrelas. Que chova mais vezes, de forma doce como esta manhã.” 

por Felipe Carriço

Meu registro dessa chuva tão esperada!

Pois bem. Se passaram 7 dias, depois 15, 30, 45, quando a gente viu, Sampa estava mais insuportável do que de costume. Tudo seco. E é engraçado como a gente seca também. Além da parte fisiológica, o ânimo da gente mudou, ainda mais quando em pleno Inverno vieram dias de 36º. Uma moleza, uma aspereza que só não tinha cara de paulistana porque era amarela do sol, e não cinza como via de regra. Só que aí, veio a esperança! Previsão de chuva depois de um tempão! A gente estava torcendo mais do que pela Seleção em 94 (é, 94 porque de uns tempos pra cá, está patético)! Nas redes sociais vi todos os tipos de lamentações e mensagens esperançosas sobre a danada da água, e, depois de 63 dias, choveu!

Eu quis me molhar! Não foi “aquela” chuva, mas foi chuva! E a coisa mais engraçada foi observar as pessoas! Ninguém de guarda-chuva! (não sei se porque esqueceram num canto obscuro de casa ou porque queriam sentir as gotinhas mesmo) E ninguém de cara feia porque estava se molhando! A gente esperou tanto por esse dia, que senti que nós, paulistanos e a chuva, estávamos nos abraçando! Um reencontro. Eu desacelerei, procurei partes sem cobertura pra me molhar mais um pouquinho! Ouvia pessoas rindo e falando “Nossa, tá chovendo mesmo”. É nessas horas que entendemos o quanto a natureza sabe o que faz!

E enquanto eu me divertia com os pingos que começaram a engrossar por alguns poucos minutos, no meu iPod tocou sem querer “Please, don’t stop the rain” (Por favor, não pare a chuva), pensem na coincidência! Claro que acabei misturando “os pingo da chuva” (a la Novos Baianos) com umas gotinhas salgadas que vinham dos meus olhos mas que só tinham um motivo: a beleza daquele momento de chuva que todos comemoravam de jeitinhos silenciosos…

“Por favor não pare a chuva

Deixe ela cair, deixe ela cair, deixe ela cair

Não a pare, você não pode pará-la

Deixe ela cair

Por favor não pare a chuva”

E  foi assim a chuva no sertão paulistano. E pra “fazer chover agora”, você pode entrar nesse link http://raining.fm/ e ouvir o barulinho dessa águinha abençoada!

Que venham as próximas!

Sâmela SilvaSâmela Silva, é Jornalista por formação, profissional das áreas de Gestão Empresarial e Governança de TI e Palestrante pelo projeto sócioeducativo, Marula Brasil. Curiosa que é, teve a oportunidade de morar em Moçambique, África, onde o despertar pela escrita falou mais alto.

LinkedIn | Twitter | Facebook | Projeto Marula Brasil

Anúncios

3 pensamentos sobre “O milagre da gota depois de 63 dias sem chuva em Sampa!

  1. oq mais me deixou feliz nesse dia foi o cheiro!! adoro cheirinho de começo de chuva!! e MEU DEUS, 63 dias sem ele, sentindo só o cheiro do pó, do ar seco e carregado em Sampa já estava me matando!!
    Pena que foi uma chuvinhazinha minima… esperamos pela chuva prometida pra hoje! hehehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s