1ª Gentileza para auxiliar na adaptação profissional de um estrangeiro: Informe-se!

Num post anterior, compartilhei como vocês 3 pontos que podem auxiliar no processo de adaptação de um profissional estrangeiro, mas como em qualquer situação, todos tem seus direitos e deveres. Dessa vez, quero explorar algumas partes relacionadas aos “deveres”.

No Brasil, tive a oportunidade de trabalhar, mesmo que não diretamente, com estrangeiros e sempre achei incrível. Vê-los, ouvir o sotaque, imaginar a cultura, me fazia acreditar que eu teria muito o que aprender com eles. Agora a gringa sou eu, passei para o outro lado e a visão tem ficado cada vez mais ampla. Para ilustrar isso, neste e nos posts seguintes, vou listar algumas dificuldades que vivi/vivo e gentilezas que aceleraram/aceleram meu processo de adaptação:

DIFICULDADE: Ir para uma outra nação somente a trabalho, pode causar saudade excessiva e comparações arrogantes. Gostar da sua pátria-mãe é aceitável e até visto com bons olhos, mas idolatrá-la ao ponto de menosprezar as demais é um erro grave ao meu ver. A situação piora quando o profissional insiste que o país que o acolheu é que deve se adaptar a ele, e muitas vezes se tornar igual ao seu país de origem.

GENTILEZA: Normalmente, você será sempre um hóspede para os donos da casa, então facilite o caminho e se prepare como se fosse fazer uma viagem de férias. Pesquise sobre o local, sua história, cultura, costumes, etc, pois conhecer os anfitriões ajudará muito no processo de compreensão desta nova sociedade. Permita-se experimentar um novo estilo de vida, jeito de trabalhar, sabores, horários, clima, amigos, músicas, enfim, se dê a oportunidade de ser um profissional flexível.

Por último, antes de partir para qualquer viagem, faça um enorme favor a você mesmo, e assista esta pequena palestra do Professor e Filósofo, Mário Cortella. “Você sabe com quem está falando?”

E você o que acha, se adaptaria facilmente a todas essas mudanças?

 

Sâmela Silvaé uma brasileira, que de viagem em viagem, foi morar em Moçambique, África, onde o despertar pela escrita falou mais alto. Jornalista e Consultora em Gestão Empresarial, vem descobrindo o mundo e se descobrindo por meio de ideias rabiscadas nos bloquinhos virtuais. LinkedIn | Twitter | FacebookBlog “A grama da vizinha”

Anúncios

Um pensamento sobre “1ª Gentileza para auxiliar na adaptação profissional de um estrangeiro: Informe-se!

  1. Oi samila! To me mudando para maputo por um ano com meu marido e minha filha de dois anos! Poderiamos trocar algumas ideias???
    Um beijo
    Erica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s